sábado, 26 de agosto de 2017

Workshop - Arteterapia Gestáltica para psicoterapeutas

Nos dias 18 e 19 de novembro o Instituto Figura-Fundo traz para a cidade de Curitiba a Arteterapeuta e Gestalt-terapeuta Profa. Dra. Selma Ciornai, pioneira da arterapia gestáltica no Brasil.  

As inscrições serão feitas pelo formulário on-line neste endereço: https://goo.gl/jNDGJY

O público-alvo deste evento são psicológas/os, psiquiatras e residentes em psiquiatria.


O workshop propõe-se fazer uso de experimentos, tendo em vista que a ênfase na importância da vivência é uma das características mais básicas da Gestalt-terapia. Recursos artísticos podem enriquecer com sensibilidade e criatividade a prática de Gestalt-terapeutas, pois na prática de atividades artísticas a awareness pode se formar tanto no próprio ato de criar quanto nas reflexões e elaborações terapêuticas sobre os trabalhos criados. Recursos expressivos proporcionam também um potente canal de comunicação tanto intersubjetiva como com nossas interioridades, visto que a linguagem da forma, das cores, dos símbolos e metáforas visuais de uma pessoa, quando relacionados ao momento presente de sua existência, possibilitam valiosos insights e também, uma forma de comunicação interpessoal que, muitas vezes, transcende as dificuldades do contato puramente verbal. Além disto, o processo criativo, por lidar com o imaginário, ajuda a experienciar e descortinar possibilidades existenciais antes não vislumbradas.

Neste workshop (didático-vivencial) os participantes terão a oportunidade de vivenciar pessoalmente alguns desses processos, aprendendo a exercer a postura fenomenológico-existencial no trabalho expressivo estabelecendo pontes com alguns dos princípios norteadores da Arteterapia Gestáltica.


A Arteterapia pode facilitar o processamento terapêutico de questões essenciais à nossa vida ajudando na reflexão, elaboração e transformação de padrões que, repetimos inconscientemente apesar de nos serem muitas vezes disfuncionais . Ao propor trabalhar com a criatividade, instiga a experiência do novo, de novas formas de ser e se relacionar. Além disso, recursos expressivos proporcionam um potente canal de comunicação tanto intersubjetiva como com nossas interioridades, visto que a linguagem das formas (linhas, volumes, espaços ,cores etc.), materiais, símbolos e metáforas visuais de uma pessoa, quando relacionados ao momento presente de sua existência possibilitam valiosos insights e novas possibilidades. Em grupo, facilitam a interação e favorecem o contato interpessoal e a identificação dos processos grupais.