Gestalt-terapia

"A Gestalt-terapia é um método que se constitui numa tentativa de fazer o homem compreender-se e se fazer compreendido, experimentando seus próprios limites e possibilidades. É a construção e a des-construção contínuas de um paradoxo, visto que o homem transcende a própria teoria sobre o homem;

Enquanto uma perspectiva crítica propõe um reconhecimento da alteridade e, portanto, uma valorização dos aspectos relacionais da condição humana: o ser humano "é" em relação com outros seres humanos e com o mundo ao ser redor;

A Gestalt-terapia possui uma ideia de valorização do homem, com ênfase para seus aspectos "positivos" (embora não se esqueça dos aspectos "negativos"), saudáveis e transcendentes da existência humana" (Holanda, 2014, p.173).

Holanda, A. F. (2014). Fenomenologia e Humanismo: Reflexões necessárias, Curitiba: Juruá Editora.